Tempo aproximado de leitura: 1 min

Bem vindos amigos: É uma satisfação enorme tê-los aqui…

Em posts anteriores já foi comentado que a orientação do gerente do banco pode ser viesada, pois o mesmo trabalha para a instituição financeira, que por sua vez visa lucro. Sendo assim, a indicação do gerente necessariamente tem que ser boa para a instituição, e, eventualmente, pode ser boa também para o cliente.

Nesse sentido, a solução mais adequada é o próprio cliente ter condições (conhecimento) técnicas de realizar a melhor escolha para si. Se não for possível, ela pode buscar a orientação de um profissional específico para essa situação, que seria o consultor. O consultor deve ser aquele profissional que detém conhecimento técnico e que, exclusivamente, quer maximizar a satisfação de seu cliente. Para tanto, ele não deve estar vinculado com algum tipo de produto, para evitar qualquer tipo de desconfiança quanto ao seu real objetivo.

Nessa reportagem (link no final do artigo), um consultor cita três argumentos falhos e recorrentes de gerente de banco: Título de capitalização ser um investimento, o único investimento seguro ser a poupança e achar que existe único um investimento para tudo.


 

A propósito: Se você precisar, eu estou disponível. :)

Fontes:

http://economia.uol.com.br/noticias/infomoney/2016/06/22/3-mentiras-que-seu-gerente-do-banco-ja-contou-e-provavelmente-voce-caiu.htm