Tempo aproximado de leitura: 1 min

Bem vindos amigos: É uma satisfação enorme tê-los aqui…

De acordo com a lei 13.313, o trabalhador do setor privado pode contratar empréstimo consignado e utilizar até 10% do saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e também 100% do valor da multa rescisória, no caso de dispensa sem justa causa.

Podemos esperar que, com essas situações, a taxa de juros para o empréstimo consignado para funcionário de empresa privada reduza (ótima notícia).

É possível também que aumente a quantidade de capital emprestado por duas situações:

1) Com taxas menores, cria-se um incentivo para obter empréstimo.

2) O aumento da garantia possibilita o aumento do valor emprestado.

Nesses casos, toda atenção é pouca. Empréstimo deve ser utilizado com parcimônia. Algumas perguntas podem ajudar: É necessário o empréstimo? Se for para consumo, não é possível prorrogá-lo? Há outra possibilidade de obter esse recurso?

A propósito: Se você precisar eu estou disponível. :)

Fontes:

http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/trabalhador-ja-pode-usar-fgts-para-garantir-emprestimo-consignado