Essa é uma dúvida bastante comum quando falamos de instrução. Apesar de parecer a mesma coisa essas atividades possuem diferenças sutis e que podem ser bastante importantes saber diferenciá-las. Vamos entender as diferenças entre eles e ver alguns exemplos:

Basicamente a característica em comum é que todas buscam a transmissão de conhecimento para que melhorem as suas atividades laborais. Porém, o mais importante é saber diferenciá-las para saber qual a mais adequada em cada etapa.

Palestra: Um monólogo onde o palestrante faz um discurso e que não há interação com a plateia. A duração normalmente é curta, variando entre 15 minutos até, no máximo, duas horas. O objetivo é a transmissão de algumas informações até então desconhecidas do público. Pode-se abrir para perguntas no final da mesma.

Treinamento: O objetivo é capacitar os profissionais. O foco é melhorar suas habilidades para a execução de determinada atividade. A duração pode variar bastante, porém, não deve ser muito curto.

Workshop: Pode ser entendido como oficina também. O objetivo é transmitir um ofício para o participante, logo, necessariamente, deve haver atividades práticas. Em função disso a participação dos presentes se torna muito importante. Sua duração pode varias bastante, mas normalmente não é muito longo.

Curso: O principal objetivo é a formação do profissional. Há necessariamente bastante conteúdo teórico mas pode-se incluir prática também. Normalmente possui uma duração bastante extensa.

Palestra Treinamento Workshop Curso
         
Duração Curtíssima, 1 a 2 horas Médio, 4 a 20 horas Curto, 4 a 8 horas Longo, 8 a 3.000 horas
Teoria ou prática Teoria Ambos Prática Teórico, pode haver prática
Papel do condutor Captar a atenção, bom timing Capacitar o participante para execução Facilitar a prática dos participantes Facilitar o aprendizado dos participantes
Participação dos ouvintes Apenas ouvem Ouvem e participam Praticam Ouvem e participam
Conhecimento do condutor Pode ser raso Teórico e prático Deve ser muito prático Teórico, mas pode ser prático
Conhecimento dos ouvintes Indiferente Deve ter o mínimo sobre o assunto Preferencialmente um nível razoável Indiferente
Quantidade de participantes Indiferente Não deve ser alta Limitado, pequeno Pode ser alta, porém, perde-se qualidade
Melhor característica do condutor Capacidade de prender a atenção do público Ter conhecimento teórico e prático e saber transmitir Ter conhecimento prático e saber transmitir Ter conhecimento teórico e saber transmitir
Nível de aprendizado dos participantes Baixo (normalmente saem empolgados, mas em uma semana já esqueceram quase tudo) Depende do conhecimento prévio e da duração. Normalmente é de médio a alto Depende do conhecimento prévio. Mas normalmente é alto Depende do interesse do participante durante o período. Normalmente médio. Alto se houver prática.

E então, concorda? Tem algo a acrescentar?

Open chat
Powered by